Por onde passou a ABCCMM

Você sabia que a sede da nossa Associação já esteve em vários endereços? Uma curiosidade interessante que integra a história dos 70 anos, confira.

16 de abril de 2019

A decisão de se instalar a ABCCMM oficialmente em Belo Horizonte, se deu pela necessidade em estar próxima aos centros de poder político, principalmente, voltados para o agronegócio. Mesmo que a origem e força da raça estivessem no Sul de Minas Gerais na época, era mais conveniente estar na capital. Esse foi o acordo firmando pelos criadores presentes na reunião ocorrida em 1948, na cidade de Caxambu (MG), para discutir a fundação da Associação. 

Foi em 1949, que o Parque da Gameleira sediou em suas dependências a reunião dos criadores para a fundação da entidade. A partir deste encontro, o número 6020 da Avenida Amazonas, região oeste de Belo Horizonte (MG), foi o primeiro endereço que a ABCCMM chamou de seu. 

Em seus primeiros sete anos de história, a ABCCMM esteve localizada em uma sala junto ao Departamento de Produção Animal no Parque da Gameleira (na ocasião, os endereços eram compartilhados com outras associações agropecuárias com objetivo de minorar os custos de manutenção). 

Posteriormente, em 1956, passou a funcionar no número 1441 da rua da Bahia, no quarteirão entre as ruas Aimorés e Tupinambás. Já em 1961, a entidade migrou-se para o 16º andar do Edifício do Banco Belo Horizonte, número 314 na Avenida Amazonas. Quatro anos depois, em 1965, a ABCCMM estava situada no número 166 da Rua dos Carijós, onde ocupava sala do oitavo andar.

Seguindo sua vida cigana, o quarto endereço da associação foi o Edifício do Ministério da Agricultura e Pecuária na Avenida Raja Gabaglia, onde permaneceu até a primeira gestão de Bolívar de Andrade. 

Após esse período de mudanças, finalmente a casa própria. Desta vez, no edifício Iracema, na Rua São Paulo. Lá a ABCCMM esteve até o ano de 1981, quando na gestão do então presidente, José Lúcio Rezende, adquiriu o 13º e 14º andares do Edifício Bom Destino, à rua dos Goitacazes, também no centro de Belo Horizonte, local em que esteve até o ano de 2002, mas é proprietária até os dias de hoje.

 

O Retorno

 

No ano de 2002, atendendo à demanda por mais espaço devido ao seu crescimento, a ABCCMM adquiriu um espaço de cerca de mil metros de área construída no interior do Parque da Gameleira e, finalmente regressou à sua primeira casa, o número 6020 da Avenida Amazonas ou simplesmente, Parque da Gameleira. 

Em 2017, o espaço passou por reforma e restruturação de suas instalações, ampliando assim, sua capacidade de atendimento aos associados e se consolidando como a maior Associação de equinocultores de uma mesma raça na América Latina.

Na semana que vem tem mais curiosidades e causos ligados à história da ABCCMM. Aguarde.

 

Redação Flávia Zago/ABCCMM

14/05/2019 França: Persian King e Castle Lady marcam predomínio da Godolphin

França: Persian King e Castle Lady marcam predomínio da Godolphin

14/05/2019 Inscrições encerradas para a 3ª Copa dos Campeões e Derby de Laço Comprido

Inscrições encerradas para a 3ª Copa dos Campeões e Derby de Laço Comprido

13/05/2019 11º Leilão Celebridades: conheça os cavalos!

11º Leilão Celebridades: conheça os cavalos!

13/05/2019 Cavalo, cavaleiro e girassol

Cavalo, cavaleiro e girassol

13/05/2019 Final de Paleteada em Lavras do Sul

Final de Paleteada em Lavras do Sul

13/05/2019 Falcão Shanghai, rumo à Milha Internacional

Falcão Shanghai, rumo à Milha Internacional

13/05/2019 Mãe e filha compartilham paixão por cavalos e esportes equestres

Mãe e filha compartilham paixão por cavalos e esportes equestres

10/05/2019 O Sonho é o tema escolhido para o 11º Leilão Celebridades

O Sonho é o tema escolhido para o 11º Leilão Celebridades

Histórico