Avião Sureño levanta voo no GP 14 de Março (gr.III)

Corredor de Neverending Stud mostrou forma para o GP São Paulo.

11 de março de 2019

Primeira preparatória para o Grande Prêmio São Paulo 2019, o Grande Prêmio 14 de Março (gr.III), em 2.400m na pista de grama (pesada), para produtos de 3 e mais anos, foi disputado neste sábado (9),em Cidade Jardim. Vitória de Avião Sureño, 3 anos, filho de First American e Notável Sureña (Redattore), de criação do Haras Old Friends e propriedade de Neverending Stud.

O estreante Modigliani (Salto) era o primeiro na passagem inaugural, pelo disco. Ainda na primeira curva, porém, Zorro (Vettori) aproximou-se, tomando a ponta nos primeiros lances da reta oposta. Eleito (Crimson Tide) passou a correr em segundo, deixando Modigliani em terceiro. Kalimichta (Cape Town) e Avião Sureño corriam, emparelhados, nas duas últimas posições.

Na segunda metade da reta oposta, Zorro abriu grande margem, no primeiro posto. Na curva, Modigliani passou para segundo e logo na abordagem à reta final, abriu fogo para cima de Zorro. Batido, o favorito não esboçou reação, cedendo aos ataques adversários. Não demorou, porém, para que Avião Sureño, atropelando por fora do bloco, tomasse, de golpe, a primeira posição.

Conduzido por Bruno Queiroz (herdou a montaria de Jeane Alves, que se acidentou no páreo anterior, no dorso de Olympic Fluke), Avião Sureño trazia a vitória sob tamanho controle, que nos lances finais sue jóquei chegou a desarmá-lo. Modigliani (1 e ¼) foi o segundo, deixando Kalimichta (2 e ¾) em terceiro. Depois, Eleito (2 e ¾) e Zorro (10 e ¼).

Treinado por Thiago Haidar, Avião Sureño conquistou a terceira vitória (primeira clássica) em 13 saídas. A milha e meia foi corrida em 2:31.95, com finais de 25.39 e 13.59.

 
Redação ABCPCC
Capa: 
Avião Sureño venceu com grande facilidade.
Imagem: Porfiro Menezes/Divulgação JCSP

 

Histórico