Leilão Online Haras Vila Colonial registra grande liquidez

Horse Brasil 13 de março de 2020 788 Nenhum comentário

image

A raça Paint Horse começou o ano com o pé direito. Isso é o que mostrou o leilão Online Haras Vila Colonial, realizado no último dia 9 de março, às 21 horas. O remate obteve 100% de liquidez, com comercialização total dos lotes ofertados. O sucesso absoluto de vendas evidenciou mais uma vez a força da Raça no Brasil.

Promovido pela Opportunity Leilões com transmissão ao vivo, o pregão ofertou ao todo 19 lotes, com o melhor da genética da raça Paint. Os pré-lances tiveram início na manhã do dia 2 e seguiram até a noite do dia 9. O valor total de vendas chegou a R$ 280 mil e a média geral ficou na casa dos R$ 14 mil.

Segundo os organizadores, tamanho sucesso se deve ao excelente trabalho de divulgação do evento. “A assessoria na apartação, somado ao trabalho de divulgação feito pela equipe da Opportunity e da Jequitibá Comunicação foi primordial para o sucesso do leilão”, ressaltou Francisco Garcia, responsável pelos trabalhos de venda do pregão.

De acordo com ele, outro fator que contribuiu para o resultado positivo foi o trabalho de pré-lance, o que fez com que os criadores tivessem um leilão bastante transparente. “Isso fez com que o pregão fosse muito coerente. O mercado ditou as regras e colocou, realmente, os preços nos lotes, provocando disputas por alguns animais. Então, na atual situação do país, você fazer um leilão com média de R$ 14 mil e vender 100% dos lotes, onde a maioria dos animais está com menos de 2 anos é, sem dúvida, um grande feito. Mas lógico que os animais ofertados estavam muito bem preparados, bem criados, uma tropa de altíssimo nível e o mercado soube valorizar”, destacou Garcia.

Para o proprietário do Haras Vila Colonial, Dr. Carlos França Rangel, o pregão mostrou que apesar da situação econômica do país, as pessoas estão apostando na raça Paint  Horse. “O leilão vendeu 100% dos lotes, o que me deixa muito satisfeito com o mercado, que deu uma resposta muito positiva para minha tropa. Isso nos incentiva a continuar investindo e criando cada vez mais nos cavalos Paint. Posso dizer que esse foi um começo de ano espetacular, os lotes foram vendidos tanto para criadores tradicionais como para não paintistas, o que mostra o interesse pelos cavalos Paint”, salientou Rangel.

Texto: Jequitibá Comunicação Estratégica