Sangue Missioneiro aprova distância da milha e vence mais uma

Potro de José Vecchio Filho e Gil Irala conquistou o Clássico Presidente Claudio Luiz Sperb.

05 de fevereiro de 2019

Outrora tido como um dos melhores velocistas de Porto Alegre, Sangue Missioneiro, 3 anos, filho de Bold Start e Best Cindy (Patio de Naranjos), de criação do Haras América do Sul e propriedade de José Vecchio Filho de Gil Irala, mostrou, na última sexta-feira (1), que até mesmo nem mesmo uma distância maior representa limite ao seu sucesso. Na milha do Clássico Presidente Claudio Luiz Sperb (para animais de 3 e mais anos) obteve firme e fácil vitória.

 

Lançado à ponta por Claudinei Farias logo após a largada, Sangue Missioneiro passou a ser acossado por Mucho Fon (Bold Start). A dupla abriu vários corpos à frente dos demais, numa acentuada disputa. Em meados da curva, Mucho Fon passou a perder contato por Sangue Missioneiro, que por sua vez não diminuía o ritmo, na dianteira.

 

Na reta final, o que se viu foi um vareio por parte de Sangue Missioneiro. Quem mais se aproximou do ponteiro foi Royal Class (Signal Tap), o segundo colocado a 3 corpos e ½. Diligente (Wild Event) foi o terceiro. Dessert (Minion) e Mucho Fon deram números finais ao marcador.

 

Treinado por F. Vieira, Sangue Missioneiro conquistou a oitava vitória em 15 saídas. Tempo de 1:44.40.

 

 

Redação ABCPCC
Capa: Sangue Missioneiro subiu, com sucesso, até a milha.
Imagem: Sylvio Rondinelli/Divulgação JCB

Histórico