Os 5 maiores preços dos leilões internacionais em 2017

Os US$ 9,5 milhões pagos por Songbird lideram a lista dos valores mais expressivos nas vendas do ano. Outros investidores não poupando esforços – tampouco cifras – para fazer frente às duas gigantes.

29 de dezembro de 2017

 

 

Ao longo de 2017, movimentações no tattersall, mundo afora, agitaram o noticiário turfístico. As guinadas da Godolphin junto a produtos de garanhões da Coolmore – o que não se via há, ao menos, duas décadas. A própria Coolmore incrementando seu plantel com corredoras de renome, recém retiradas à reprodução. Outros investidores não poupando esforços – tampouco cifras – para fazer frente às duas gigantes.

 

Nesta quinta-feira (28), o website do Racing Post estampou publicação relembrando as 5 maiores vendas levadas a cabo, nos leilões internacionais, durante o ano. No primeiro lugar aparece Songbird, arrematada pela Whisper Hill Farm, de Mandy Pope, por US$ 9,5 milhões durante o Fasig-Tipton November (EUA).

 

Colocada à venda pela Fox Hill Farm, Songbird ingressou no tattersall com um cartel de 15 corridas, 13 vitórias (9 em provas de G1) e dois Eclipse Awards (de melhor potranca, de 2 e 3 anos). As duas únicas derrotas da filha de Medaglia d’Oro e Ivanavinalot (West Acre) ocorreram na Breeders’ Cup Distaff (gr.I) e no Personal Ensign Stakes (gr.I), nas quais finalizou em segundo, respectivamente, para Beholder e Forever Unbridled.

 

Em seguida, vêm os 6 milhões de guinéus – aproximadamente £ 6,36 milhões – pagos por Michael Magnier, em nome da Coolmore, pela velocista Marsha, durante o Tattersalls December (GB). O valor recebido pela Elite Racing Club correspondeu ao preço recorde pago por um PSI, num leilão realizado na Europa, em todos os tempos.

 

 

Filha do britânico Acclamation na matriz Marlinka (Marju), Marsha competiu por 18 vezes, vencendo 7 delas. Destaque para o Prix l’Abbaye de Longchamp (gr.I) – a prova de velocidade do festival máximo francês – e o Nunthorpe Stakes (gr.I) – para cima da não menos célebre, Lady Aurelia.

 

No terceiro posto da lista, outra expressiva corredora adquirida pela Coolmore: a milheira Tepin, que, oferecida ao mercado por Robert Masterson, alcançou US$ 8 milhões no Fasig-Tipton November.

 

Filha de Bernstein e Life Happened (Stravinsky), Tepin apresentou-se por 23 ocasiões, vencendo em 13 delas. Ganhadora de G1 em 3 países distintos, derrotou os machos na Breeders’ Cup Mile (gr.I), no Queen Anne Stakes (gr.I) e na Woodbine Mile (gr.I) – que acionam dentre as provas mais cobiçadas do mundo, na distância da milha, em pista de grama. Ganhadora, por duas vezes, do Eclipse Award de melhor égua em pista de grama, Tepin foi leiloada – ao contrário de Songbird e Marsha – cheia. O produto, do garanhão Curlin, deverá nascer no primeiro semestre de 2018.

 

Stellar Wind representa a terceira compra da Coolmore, descrita no ranking. A quarta mais cara. Posta à venda pela Hronis Racing no Keeneland November Sale (EUA), Stellar Wind passou à propriedade da corporação irlandesa após o martelo do leiloeiro cair por US$ 6 milhões.

 

Filha de Curlin e Evening Star (Malibu Moon), Stellar Wind atuou 15 oportunidades, conquistando 9 vitórias. Notabilizada por derrotar Beholder nos Clement L. Hirsch Stakes (gr.I) e no Zenyatta Stakes (gr.I), Stellar Wind (comercializada vazia) ainda reserva na prateleira lugar para troféus do Santa Anita Oaks (gr.I), Apple Blossom Handicap (gr.I), Beholder Mile (gr.I) e de uma segunda edição do Clement L. Hirsch Stakes (gr.I) por ela conquistada – sem prejuízo do Eclipse Award de melhor potranca de 3 anos.

 

Por fim, no quinto lugar, a aquisição de uma potranca de sobreano, no Tattersalls October (GB). Oferecida por James Wigan, a fêmea Gloam alcançou 4 milhões de guinéus. Muito embora a quantia não ter feito dela o maior preço da lista, talvez não tenha sido outro o negócio mais comentado, na indústria turfística, em 2017. Isso porque, do outro lado da linha, estava a Godolphin, que no ato adquiriu seu primeiro produto de Galileo (reprodutor pertencente à “rival” Coolmore) em todo o histórico da coudelaria do Sheik Mohammed bin Rashid Al Maktoum.

 

Gloam figura como o primeiro produto da ganhadora da Breeders’ Cup Filly & Mare Turf (gr.I), Dank (Dansili).

 

Fonte: ABCPCC

 

Histórico