Missin Luma atingiu a maior pontuação no Laço Cabeça

Ricardo Pulzatto e Raphael Franco Costa vão levar três troféus cada um.

31 de janeiro de 2019

A maior pontuação do Laço Cabeça, 113,5 pontos, foi para a categoria de Criador, com o paranaense da cidade de Maringá, Sergio Ricardo Pulzatto, o Bondinho. Ele levou também os troféus de competidor no Amador (93,5) e com a Melhor Fêmea (52): a baia Missin Luma (Missin James x Lynx Pine SRP, por Mister Slydun Pine).

Rafael Correa Paoliello, de Araçatuba (SP), finalizando a campanha do ano com 106,75 pontos, ficou como o título, mais uma vez, de o Melhor Cavaleiro da Aberta.

Em relação às matrizes, a Melhor Reprodutora, apurando 52 pontos, foi Lynx Pine SRP (Mister Slydun Pine x Miss Stinger Lynx, por Doc’s Lynx.), de João Ribeiro Filho, de Paragominas (PA), que receberá o prêmio. Entre os Reprodutores, apareceu o nome do importado, desaparecido em julho de 2012, Missin James (Miss N Cash x Jessies Oak, por Doc’s Oak), com 74 pontos. Troféu que será entregue ao bauruense Paulo Farha.

O prêmio da categoria Proprietário será destinado a Raphael Franco Andrade Costa, de Itumbiara (GO), que somou 111,25 pontos. Ele receberá também mais dois troféus pela performance de Smokin Lil RHF (Smokin Duehickey x CD Sweet, por Sweet Lil Pepto): Melhor Macho e Melhor Castrado, que acumulou 33 pontos em ambas categorias.

Quem levou o título de Amazonas foi Juliana Ruiz Balbo, de Barretos (SP), com 7 pontos. Pela categoria Jovem, Gustavo Aquino Stipanchevic, paranaense da cidade de Astorga, marcou 12,75 pontos e levará o prêmio.

Redação ABQM
Capa: Performance de Missin Luma nas pistas lhe proporcionou o título de 2018

 

Histórico