Jay Parwinds atingiu a maior pontuação na Armada

Representantes do Rio Grande do Sul levarão para o Estado quase 100% dos troféus da modalidade

01 de fevereiro de 2019

Em sequência à nossa programação e de acordo com o Departamento de Esportes, estamos publicando hoje (31/01) a relação de mais três modalidades de provas, com os mais pontuados de 2018, onde seus representantes estarão sendo homenageadas no 12º ABQM Awards, no Espaço das Américas, em São Paulo (SP). Acompanhe na seguinte ordem de provas: Laço Comprido (Armada ou Braço); Laço Comprido (Técnico); e Laço em Dupla.

Entre os mais pontuados da prova de Laço Comprido de 2018, da categoria Armada ou Braço, o título de Melhor Animal será destinado ao alazão Jay Parwinds (Son Ofa Jay x Three Parwinds AP, por Cowboy’s Par PH), somando 50 pontos. Subirá ao palco para receber a premiação o seu proprietário Jeferson Rangel Invernizzi, que também levará para Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, o troféu de Melhor Competidor pela Classe Amador, pela totalização de 60,5 pontos.

Já o título de Melhor Fêmea, com 31 pontos, será da mestiça ½ sangue Tyana Gun (The Best Gun), pertencente a Rodrigo Mario da Rosa, seu proprietário e criador, que virá da cidade gaúcha de Júlio de Castilho para receber o troféu.

Entre os animais castrados, Powder Joe (Powder Doc’s Dar x Joe Chickpar PH, por John Chickpar PH) apurou o maior número de pontos (41,5). Ele é de propriedade do gaúcho Lucas Toneto da Silva, que virá da cidade de Santa Maria para receberá este troféu e também outro correspondente como Melhor Proprietário da modalidade, somando 73,5 pontos.

Em relação aos Reprodutores a maior pontuação foi atingida pelo garanhão Powder Doc’s Dar (Powder Playboy x Doc´s Roxana, por Dog Patch Doc), com 167,5 pontos. E seu proprietário, o gaúcho Rui Junior Godinho, da cidade de Dom Pedrito, virá mais uma vez a São Paulo para buscar o troféu. Já entre as Reprodutoras, com 50 pontos, o título foi conquistado por Three Parwinds AP (Cowboy´s Par PH x Five Winds RC, por Triumph Bars), égua baia pertencente a Roberto Pruinelli, de Garibaldi (RS).

Voltando aos competidores, mais dois representantes do Rio Grande do Sul atingiram o maior número de pontos: Gilson Alves dos Santos, de Espumoso (RS), com 71 pontos, foi o melhor da Aberta; e entre as amazonas quem mais brilhou foi Eduarda da Silva Lima, de Tupanciretã, alcançando 17 pontos. Já pela categoria Jovem, quem levou a melhor anotando 1,5 ponto foi Leonardo Amaral Correa, da cidade de Cáceres (MT).

Finalizando, o troféu de Melhor Criador será entregue para Pedro Luiz Herter, também da gaúcha Tupanciretã, acumulando 63 pontos.

 

 

Redação ABQM
Capa: Eduarda Lima foi o destaque de 2018 na categoria Amazona

Histórico