Alberto Guerra

Alberto Guerra

Marketing Equestre

A comunicação do século XXI

25 de novembro de 2016

- Alberto Guerra

A comunicação do século XXI

Esta semana a equipe da Mirante se reuniu para fazer o planejamento de marketing online de nossos clientes e durante a reunião inicial onde normalmente jogamos nossas idéias na mesa e todos discutem e opinam em todas elas, como chamamos no meio publicitário, fizemos um brainstorm. E durante esta reunião algumas idéias para os artigos vieram.

Já comentei em textos anteriores sobre a importância de se planejar a campanha de marketing porém esta semana quero trazer outros argumentos para ressaltar ainda mais os motivos de se planejar antes de executar uma campanha.

As redes sociais podem fazer muito pelos negócios mas ainda existem algumas místicas sobre como obter resultados que não condizem com a realidade e vou listar algumas aqui:

O post milagroso: Muitas pessoas postam conteúdo no facebook e esperam que seja um sucesso tremendo de compartilhamentos, curtidas, comentários etc... enfim, que viralize sozinho. Seria ótimo se acontecesse mas não é a realidade. Por trás dos posts existem planejamentos complexos de conteúdo, horários de postagem,  linguagem e investimento em links patrocinados no facebook que garantem a visibilidade do seu post e consequentemente a interatividade com as pessoas.

Postei mas ninguém viu: Antigamente as estratégias de marketing se baseavam em postar conteúdo diariamente e várias vezes ao dia e assim as pessoas viam o conteúdo de sua página. Este método está ultrapassado, você pode ter muitas pessoas que curtiram a sua página mas com a nova política do facebook não serão todas as pessoas que estão em sua página que verão suas postagens.

Acreditar no que diz: Não basta a empresa acreditar no que diz, usar as redes sociais para comunicar ao cliente e esperar que ele entenda e acredite somente porque você está dizendo. A nova era da comunicação indica que o cliente deve fazer parte direta do conteúdo postado na página. Ouça o seu cliente!

Supervalorização: Todos sabemos que o caminho de ser empreendedor não é fácil, as histórias são cheias de momentos de superação, perdas, quedas e algumas conquistas e por isso tendemos a supervalorizar nosso negócio e menosprezar a concorrência e este é um erro muito grande! Não cometa.

A voz do consumidor: Não esqueça que o seu cliente falando sobre você é mais importante do que você falando sobre o seu negócio. Esta é a chave das redes sociais, faça seus clientes falarem ao invés de você se autopromover, isso não pega bem.

Levem estas dicas para o dia a dia da empresa e percebam que as reações mudam de acordo com as suas mudanças.

Até nosso próximo encontro.